eventualidades

2015
contra correntes av
vídeo gravado com dispositivo de filmagem automática
estudo para lugar nenhum corpoinstalação
criação de som e videomapeamento de ambiente instalativo site-specific, com vera sala e hideki matsuka
besides the screen rede de pesquisa
com gabriel menotti, patricia moran e virginia crisp
2014
limiares das redes livro
artigos que abordam tendências recentes da cultura urbana, como a cultura remix e as poéticas em tempo real
delayscapes performance av
estudos sobre a relação entre geometrias recursivas e delays cumulativos
refractive composition for live video and sound performance av
composição audiovisual apresentada no AVAV 25 por ana carvalho, juliana perdigão e marcus bastos
randômicos
streaming concert | tributo a john cage performance av
desenvolvimento de tecnologia e direção visual de concerto audiovisual, com wilson sukorski
orquestra alfabeto improviso sonoro
improviso criado coletivamente por objeto amarelo, labirinto, noala e telemusik
telemusik performance av
composições audiovisuais criadas com dudu tsuda, karina montenegro e richard ribeiro
mediações, tecnologia, espaço público: panorama crítico da arte em mídias móveis livro
coletânea de artigos, editada com lucas bambozzi e rodrigo minelli
interface disforme instalação interativa
vídeo em que o usuário controla 3 ambientes audiovisuais temáticos

fdtai curso puc-sp

Marcus Bastos é professor da PUC-SP. Escreveu os livros Limiares das Redes (Intermeios, 2014) e Cultura da Reciclagem (Noema, 2007 ebook), além de organizar Cinema Apesar da Imagem (com Gabriel Menotti e Patricia Moran, Intermeios 2016), Mediações, Tecnologia, Espaço Público: panorama crítico da arte em mídias móveis (com Lucas Bambozzi e Rodrigo Minelli, Conrad, 2010) e Apropriações do (In)comum: espaço público e privado em tempos de mobilidade (com Giselle Beiguelman, Lucas Bambozzi e Rodrigo Minelli, Instituto Sergio Motta, 2009). Publicou capítulos em livros como Arranjos Experimentais (org. Patricia Moran, Iluminuras, 2016), Design, User Experience and Usability (org. Aaron Marcus, Springer, 2014), Nomadismos Tecnológicos (org. Jorge La Ferla e Giselle Beiguelman, Senac, 2011) e Unfolding Narratives: in Art, Technology and Environment (org. Anette Wolfsberger, Bronac Ferran e Gisela Domschke, Lulu, 2010). Foi curador de Ruído (Mostra Vídeo Itaú Cultural 2005), arte.mov _ Festival Internacional de Arte em Mídias Móveis (Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre, Salvador e Belém, 2006-2011), Geografias Celulares (Fundação Telefônica, Buenos Aires e Lima, 2009), Dorkbot SP (2011), instalação —> vídeo (na Mostra SESC de Artes, 2010) e Performix (nas Satyrianas, 2014). Participou de mostras, festivais e exposições como 29ª Bienal de São Paulo, 7ª Bienal do Mercosul, AVAV (Epicentro), Between documentary and experimentation (Centro Georges Pompidou), CTRL + C CTRL + V (Sesc Pompéia), Festival Continuum, Cover+Reencenação (MAM-SP), Festival Internacional de Linguagens Eletrônicas / FILE, Konstruirtes Leben, Visualismo (MAR / Museu de Arte do Rio de Janeiro), mLC (mostra Live Cinema), Ouvir, Dançar (Paço das Artes), Sonarama (Instituto Tomie Othake), Transitio MX e Videobrasil / Festival de Arte Contemporânea. Recebeu prêmios e bolsas como FIAT Mostra Brasil, ProAC Composição Musical, Programa Petrobras Cultural e Rumos Itaú Cultural Cinema e Vídeo (Linguagens Expandidas), além de menções honrosas no Prêmio Autonomias del Desarollo / Transitio MX (México) e no 4º, 5º e 7º Prêmio Sergio Motta. É pesquisador do Grupo Realidades (ECA-USP).

marcusbastos@pucsp.br | cv lattes